Pesquisa
Todas as categorias
    Menu Close

    DANOSA Curidan primário betuminoso (25kg)

    Fabricante: DANOSA
    DANOSA CURIDAN é um primário betuminoso de base aquosa, para aplicação de primário e preparação de superfícies. Cumpre norma UNE 104.231 (Tipo EA)
    Código fabricante: 311011
    banner
    36,80€ +IVA
    1,47€ / 1 kg
    i h
    Tempo de entrega estimado: até 7 dias úteis

    (informações do fabricante)

    DESCRIÇÃO DO PRODUTO:

    O CURIDAN é uma emulsão betuminosa de natureza aniónica e baixa viscosidade, para aplicação a frio.
    Este produto é obtido pela dispersão de particulas de betume com um agente emulsionante de caracter aniónico de muito alta fluidez.

     

    CAMPO DE APLICAÇÃO:

    Utilização recomendada:

    • Condição do substrato: Deve estar livre de poeira, graxa, resíduos de tinta, gesso e corpos estranhos.
    • Preparação do substrato: Partículas soltas ou mal aderidas será removido, por isso é recomendado limpar a superfície a ser preparada. Se necessário, a superfície será regularizada com uma argamassa que ficará devidamente flutuada.
    • Tipo de suporte: O CURIDAN não deve ser aplicado sobre superfícies polidas, pois podem ocorrer falhas de adesão.
    • Humidade do substrato: CURIDAN pode ser aplicado sobre superfícies secas ou levemente húmidas, porém sem escoamento de água.
    • Tempo de secagem: Depende da temperatura ambiente, da insolação e da umidade relativa. Verifique se o primer está seco ao toque.
    • Ferramentas de aplicação: Pode ser aplicado por spray, pincel, pincel ou rolo.
    • Temperatura mínima de aplicação: CURIDAN no It deve ser instalado quando a temperatura for inferior a + 5ºC.

    Aplicação de primário e preparação de superfícies porosas onde posteriormente se vai soldar uma chapa betuminosa. Pode ser usado sem diluir ou diluído em água (10-20%), até a concentração desejada.

    • No suporte, aplicar uma camada de CURIDAN, tentando impregnar bem os poros. O rendimento aproximado será de 0,2-0,5 Kg / m².
    • No caso de pontes e decks de estacionamento, o desempenho será de 0,2 Kg / m².
    • Em sistemas colados, a chapa betuminosa é soldada em sua totalidade, portanto, toda a superfície deve ser preparada com primer.
    • Nos sistemas não aderentes ou flutuantes, a chapa betuminosa é soldada apenas em pontos singulares (petos, sumidouros, juntas de dilatação, etc ...), devendo estes elementos ser imprimados.

     

    APRESENTAÇÃO:

    • Balde de 25 kg
    • Rendimento  0,5 kg/m2

     

    VANTAGENS E BENEFÍCIOS:

    O CURIDAN trata-se de um produto fluido de aspeto uniforme e aplicação a frio qu endurece por evaporação da água nele contida. Uma vez aplicado e seco, forma uma película contínua que apresenta as seguintes vantagens que proporcionan benefícios ao sistema:

    Vantagens:

    • Fácil aplicação.
    • Uma vez dada a rotura da emulsão, por evaporação da fase aquosa, consegue-se uma camada contínua que não flúi a temperaturas elevadas.
    • Durável.
    • Isento de solventes.
    • Produto de consistência fluida.

    Benefícios:

    • Pode aplicar-se com pistola, pincel, escova ou rolo, adaptando-se às distintas superficies a imprimar, com bom rendimento.
    • Boa aderência a superfícies humidas e secas.
    • Totalmente estável e de grande duração.
    • Pode aplicar-se em recintos fechados.
    • Permite aplicação à pistola

     

    INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO:

    Preparação do suporte:

    • Estado do suporte:Deve estar limpo de pó, restos de pintura, gesso e corpos estranhos.
    • Preparação do suporte: As particulas soltas, ou mal aderidas deverão ser eliminadas, pelo que se recomenda efetuar uma limpeza da superficie a imprimar. Se for necessário, deverá regularizar-se a superficie com uma argamassa cimenticia que se nivelará corretamente.
    • Tipo de suporte: CURIDAN não deve ser aplicado em superfícies polidas uma vez que isso poderá originar falhas na aderência.
    • Humidade do suporte: CURIDAN poderá aplicar-se sobre superfícies secas ou humidas, mas sem escorrimento de água.
    • Tempo de secagem: Depende da temperatura ambiente, da intensidade solar e da humidade relativa. Verifique se o primário estará seco ao tacto.
    • Ferramentas de aplicação: Poderá aplicar-se com pistola, pincel, escova ou rolo.
    • Temperatura minima de aplicação: CURIDAN não deverá ser instalados quando a temperatura seja inferior a + 5˚C.

    Imprimação e preparação de superficies porosas onde se vá soldar uma membrana betuminosa:

    • Poderá utilizar-se o produto sem diluir ou diluido com água (10 -20%) até atingir a concentração desejada.
    • Uma vez bem seco o suporte, deverá aplicar-se uma camada de CURIDAN, procurando impregnar bem todos os poros.
    • O rendimento aproximado do produto deverá ser 0,2 – 0,5 kg/m2.
    • No caso de pontes e coberturas de parques de estacionamento, o rendimento deverá ser de 0,2 kg/m2.
    • Nos sistemas aderidos, a membrana betuminosa soldar-se-á em toda a superfície, pelo que também toda a superfície deverá ser imprimada.
    • Nos sistemas não aderidos ou flutuantes, apenas se soldará a membrana betuminosa nos pontos singulares (paramentos verticais, sumidouros, juntas de dilatação, etc...) e, portanto devem imprimar-se estes elementos.

    Imprimação e preparação de superficies porosas onde posteriormente serão impermeabilizadas ou tratadas por produtos asfálticos.

    • Poderá utilizar-se o produto sem diluir ou diluido com água (10 -20%) até atingir a concentração desejada.
    • Uma vez bem seco o suporte, deverá aplicar-se uma camada de CURIDAN, procurando impregnar bem todos os poros.
    • poderá ser necessária a aplicação de uma segunda camada dependendo do estado e poder absorvente do suporte.
    • O rendimento aproximado será de 0.3-0.5 kg/m2.

    Proteção superficial frente à humidade de estruturas enterradas de betão em obra civil, sem grandes exigências (muros, fundações, etc...).

    • Deverão aplicar-se sempre duas mãos de CURIDAN com um rendimento aproximado total final entre as duas camadas de 0,5 – 0,75 kg/m2 em função do suporte.
    • Antes de aplicar uma nova camada, deverá comprovar-se que a primeira está totalmente seca

     

    INDICAÇÕES E RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES:

    • Não utilizar nunca como sistema de impermeabilização de coberturas.
    • Antes de utilizar o produto, misturar convenientemente o mesmo até a sua completa homogeneização.
    • Este produto faz parte de um sistema de impermeabilização, pelo que se deverá ter em conta todos os documentos aos quais faça referência o Manual de Soluções de Danosa, assim como toda a normativa e legislação de cumprimento obrigatório.
    • Não se devem realizar trabalhos de impermeabilização quando as condições climatológicas possam ser prejudiciais, concretamente quando esteja a nevar ou a chover (poderia lavar o produto e, com isso, retirar-lhe coesão), exista neve, gelo, água ou demasiado vento na cobertura, assim como quando a humidade superficial seja > 8%.
    • CURIDAN não deverá ser aplicado quando a temperatura seja < + 5˚C.
    • Deverá controlar-se a hipotética incompatibilidade entre os isolamentos térmicos e a impermeabilização.
    • Deverá evitar-se projetar espuma de poliuretano diretamente acima da impermeabilização sem a utilização de uma camada separadora adequada (geotêxteis, betonilhas, filmes de polietileno, etc...).
    • No caso de reabilitação, deverá tomar-se em conta as incompatibilidades quimicas com antigas impermeabilizações, principalmente quando estas sejam de membranas de PVC ou mastiques modificados de base alcatão, podendo ser necessária a sua eliminação total ou a introdução de uma camada separadora adequada (geotêxteis, betonilhas, filmes de polietileno, etc...). Outros materiais impermeabilizantes poderão ser também susceptiveis de apresentar incompatibilidades quimicas.
    • Todo o material utilizado deverá limpar-se com água depois de utilizado. Quando o CURIDAN estiver seco apenas se conseguirá eliminar com dissolvente.
    • NOTA: Para mais informação sobre os sistemas Danosa em que intervém o CURIDAN, sugerimos a consulta do documento “Soluções de impermeabilização”.

     

    MODO DE APLICAÇÃO:

    Recomenda-se não aplicar em temperaturas abaixo de 10°C. É preferível que o produto seja aplicado por pulverização ou baixa pressão (0,5 bar no máximo). Também pode ser tratado por imersão. O material a ser tratado deve estar completamente saturado com o produto (até que ocorra a rejeição do mesmo), falicitando a sua penetração no núcleo saudável da pedra.

    Uma aplicação é geralmente suficiente, mas às vezes é necessário repetir o tratamento após 2 ou 3 semanas.

    Para melhores resultados, aguardar 4 semanas, à temperatura ambiente de 20°C e com uma humidade relativa de 40 - 50%.

    Uma vez concluída a consolidação, é essencial aplicar um tratamento hidrofóbico baseado em nanopartículas, como a linha de hidro-óleo repelentes TECNADIS para superfícies verticais e horizontais (AQUASHIELD ULTIMATE, AQUASHIELD FORTE, TECNADIS PRS PERFORMANCE).

    Recomenda-se aguardar entre 4 e 7 dias para realizar o tratamento de hidrorrepelência com os produtos TECNAN após a consolidação.

    Antes desse período, o próprio consolidante, devido a sua reação intrínseca, pode apresentar certo caráter hidrofóbico que pode impedir a aderência correta de argamassas, veladuras, etc. Após esse período, esse caráter hidrofóbico desaparece.

     

    MANIPULAÇÃO, ARMAZENAGEM E CONSERVAÇÃO:

    • Este produto não é tóxico, nem inflamável.
    • O produto deverá ser armazenado num local seco e protegido da chuva, do sol, e das baixas temperaturas.
    • Temperaturas inferiores a 0 ˚C podem afetar a qualidade do produto. Com estas condições e no seu balde de origem, estando este fechado, o produto poderá permanecer armazenado aproximadamente 6 meses desde a data de fabricação.
    • O produto deverá ser utilizado seguindo a ordem de chegada à obra.
    • Em qualquer caso, deverá ter-se em conta todas as normas de Segurança e Higiene no trabalho, assim como as normas de boa prática da construção.
    • No caso de sedimentar o material, deverá remover-se até que se encontre no estado inicial.
    • Danosa recomenda a consulta da ficha de segurança deste produto, que está permanentemente disponivel em www.danosa.com, ou poderá solicitá-la por escrito ao nosso Departamento Técnico.
    • Expira após seis meses

     

    DOCUMENTOS PARA DESCARGA:

    (informações do fabricante)

    DESCRIÇÃO DO PRODUTO:

    O CURIDAN é uma emulsão betuminosa de natureza aniónica e baixa viscosidade, para aplicação a frio.
    Este produto é obtido pela dispersão de particulas de betume com um agente emulsionante de caracter aniónico de muito alta fluidez.

     

    CAMPO DE APLICAÇÃO:

    Utilização recomendada:

    • Condição do substrato: Deve estar livre de poeira, graxa, resíduos de tinta, gesso e corpos estranhos.
    • Preparação do substrato: Partículas soltas ou mal aderidas será removido, por isso é recomendado limpar a superfície a ser preparada. Se necessário, a superfície será regularizada com uma argamassa que ficará devidamente flutuada.
    • Tipo de suporte: O CURIDAN não deve ser aplicado sobre superfícies polidas, pois podem ocorrer falhas de adesão.
    • Humidade do substrato: CURIDAN pode ser aplicado sobre superfícies secas ou levemente húmidas, porém sem escoamento de água.
    • Tempo de secagem: Depende da temperatura ambiente, da insolação e da umidade relativa. Verifique se o primer está seco ao toque.
    • Ferramentas de aplicação: Pode ser aplicado por spray, pincel, pincel ou rolo.
    • Temperatura mínima de aplicação: CURIDAN no It deve ser instalado quando a temperatura for inferior a + 5ºC.

    Aplicação de primário e preparação de superfícies porosas onde posteriormente se vai soldar uma chapa betuminosa. Pode ser usado sem diluir ou diluído em água (10-20%), até a concentração desejada.

    • No suporte, aplicar uma camada de CURIDAN, tentando impregnar bem os poros. O rendimento aproximado será de 0,2-0,5 Kg / m².
    • No caso de pontes e decks de estacionamento, o desempenho será de 0,2 Kg / m².
    • Em sistemas colados, a chapa betuminosa é soldada em sua totalidade, portanto, toda a superfície deve ser preparada com primer.
    • Nos sistemas não aderentes ou flutuantes, a chapa betuminosa é soldada apenas em pontos singulares (petos, sumidouros, juntas de dilatação, etc ...), devendo estes elementos ser imprimados.

     

    APRESENTAÇÃO:

    • Balde de 25 kg
    • Rendimento  0,5 kg/m2

     

    VANTAGENS E BENEFÍCIOS:

    O CURIDAN trata-se de um produto fluido de aspeto uniforme e aplicação a frio qu endurece por evaporação da água nele contida. Uma vez aplicado e seco, forma uma película contínua que apresenta as seguintes vantagens que proporcionan benefícios ao sistema:

    Vantagens:

    • Fácil aplicação.
    • Uma vez dada a rotura da emulsão, por evaporação da fase aquosa, consegue-se uma camada contínua que não flúi a temperaturas elevadas.
    • Durável.
    • Isento de solventes.
    • Produto de consistência fluida.

    Benefícios:

    • Pode aplicar-se com pistola, pincel, escova ou rolo, adaptando-se às distintas superficies a imprimar, com bom rendimento.
    • Boa aderência a superfícies humidas e secas.
    • Totalmente estável e de grande duração.
    • Pode aplicar-se em recintos fechados.
    • Permite aplicação à pistola

     

    INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO:

    Preparação do suporte:

    • Estado do suporte:Deve estar limpo de pó, restos de pintura, gesso e corpos estranhos.
    • Preparação do suporte: As particulas soltas, ou mal aderidas deverão ser eliminadas, pelo que se recomenda efetuar uma limpeza da superficie a imprimar. Se for necessário, deverá regularizar-se a superficie com uma argamassa cimenticia que se nivelará corretamente.
    • Tipo de suporte: CURIDAN não deve ser aplicado em superfícies polidas uma vez que isso poderá originar falhas na aderência.
    • Humidade do suporte: CURIDAN poderá aplicar-se sobre superfícies secas ou humidas, mas sem escorrimento de água.
    • Tempo de secagem: Depende da temperatura ambiente, da intensidade solar e da humidade relativa. Verifique se o primário estará seco ao tacto.
    • Ferramentas de aplicação: Poderá aplicar-se com pistola, pincel, escova ou rolo.
    • Temperatura minima de aplicação: CURIDAN não deverá ser instalados quando a temperatura seja inferior a + 5˚C.

    Imprimação e preparação de superficies porosas onde se vá soldar uma membrana betuminosa:

    • Poderá utilizar-se o produto sem diluir ou diluido com água (10 -20%) até atingir a concentração desejada.
    • Uma vez bem seco o suporte, deverá aplicar-se uma camada de CURIDAN, procurando impregnar bem todos os poros.
    • O rendimento aproximado do produto deverá ser 0,2 – 0,5 kg/m2.
    • No caso de pontes e coberturas de parques de estacionamento, o rendimento deverá ser de 0,2 kg/m2.
    • Nos sistemas aderidos, a membrana betuminosa soldar-se-á em toda a superfície, pelo que também toda a superfície deverá ser imprimada.
    • Nos sistemas não aderidos ou flutuantes, apenas se soldará a membrana betuminosa nos pontos singulares (paramentos verticais, sumidouros, juntas de dilatação, etc...) e, portanto devem imprimar-se estes elementos.

    Imprimação e preparação de superficies porosas onde posteriormente serão impermeabilizadas ou tratadas por produtos asfálticos.

    • Poderá utilizar-se o produto sem diluir ou diluido com água (10 -20%) até atingir a concentração desejada.
    • Uma vez bem seco o suporte, deverá aplicar-se uma camada de CURIDAN, procurando impregnar bem todos os poros.
    • poderá ser necessária a aplicação de uma segunda camada dependendo do estado e poder absorvente do suporte.
    • O rendimento aproximado será de 0.3-0.5 kg/m2.

    Proteção superficial frente à humidade de estruturas enterradas de betão em obra civil, sem grandes exigências (muros, fundações, etc...).

    • Deverão aplicar-se sempre duas mãos de CURIDAN com um rendimento aproximado total final entre as duas camadas de 0,5 – 0,75 kg/m2 em função do suporte.
    • Antes de aplicar uma nova camada, deverá comprovar-se que a primeira está totalmente seca

     

    INDICAÇÕES E RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES:

    • Não utilizar nunca como sistema de impermeabilização de coberturas.
    • Antes de utilizar o produto, misturar convenientemente o mesmo até a sua completa homogeneização.
    • Este produto faz parte de um sistema de impermeabilização, pelo que se deverá ter em conta todos os documentos aos quais faça referência o Manual de Soluções de Danosa, assim como toda a normativa e legislação de cumprimento obrigatório.
    • Não se devem realizar trabalhos de impermeabilização quando as condições climatológicas possam ser prejudiciais, concretamente quando esteja a nevar ou a chover (poderia lavar o produto e, com isso, retirar-lhe coesão), exista neve, gelo, água ou demasiado vento na cobertura, assim como quando a humidade superficial seja > 8%.
    • CURIDAN não deverá ser aplicado quando a temperatura seja < + 5˚C.
    • Deverá controlar-se a hipotética incompatibilidade entre os isolamentos térmicos e a impermeabilização.
    • Deverá evitar-se projetar espuma de poliuretano diretamente acima da impermeabilização sem a utilização de uma camada separadora adequada (geotêxteis, betonilhas, filmes de polietileno, etc...).
    • No caso de reabilitação, deverá tomar-se em conta as incompatibilidades quimicas com antigas impermeabilizações, principalmente quando estas sejam de membranas de PVC ou mastiques modificados de base alcatão, podendo ser necessária a sua eliminação total ou a introdução de uma camada separadora adequada (geotêxteis, betonilhas, filmes de polietileno, etc...). Outros materiais impermeabilizantes poderão ser também susceptiveis de apresentar incompatibilidades quimicas.
    • Todo o material utilizado deverá limpar-se com água depois de utilizado. Quando o CURIDAN estiver seco apenas se conseguirá eliminar com dissolvente.
    • NOTA: Para mais informação sobre os sistemas Danosa em que intervém o CURIDAN, sugerimos a consulta do documento “Soluções de impermeabilização”.

     

    MODO DE APLICAÇÃO:

    Recomenda-se não aplicar em temperaturas abaixo de 10°C. É preferível que o produto seja aplicado por pulverização ou baixa pressão (0,5 bar no máximo). Também pode ser tratado por imersão. O material a ser tratado deve estar completamente saturado com o produto (até que ocorra a rejeição do mesmo), falicitando a sua penetração no núcleo saudável da pedra.

    Uma aplicação é geralmente suficiente, mas às vezes é necessário repetir o tratamento após 2 ou 3 semanas.

    Para melhores resultados, aguardar 4 semanas, à temperatura ambiente de 20°C e com uma humidade relativa de 40 - 50%.

    Uma vez concluída a consolidação, é essencial aplicar um tratamento hidrofóbico baseado em nanopartículas, como a linha de hidro-óleo repelentes TECNADIS para superfícies verticais e horizontais (AQUASHIELD ULTIMATE, AQUASHIELD FORTE, TECNADIS PRS PERFORMANCE).

    Recomenda-se aguardar entre 4 e 7 dias para realizar o tratamento de hidrorrepelência com os produtos TECNAN após a consolidação.

    Antes desse período, o próprio consolidante, devido a sua reação intrínseca, pode apresentar certo caráter hidrofóbico que pode impedir a aderência correta de argamassas, veladuras, etc. Após esse período, esse caráter hidrofóbico desaparece.

     

    MANIPULAÇÃO, ARMAZENAGEM E CONSERVAÇÃO:

    • Este produto não é tóxico, nem inflamável.
    • O produto deverá ser armazenado num local seco e protegido da chuva, do sol, e das baixas temperaturas.
    • Temperaturas inferiores a 0 ˚C podem afetar a qualidade do produto. Com estas condições e no seu balde de origem, estando este fechado, o produto poderá permanecer armazenado aproximadamente 6 meses desde a data de fabricação.
    • O produto deverá ser utilizado seguindo a ordem de chegada à obra.
    • Em qualquer caso, deverá ter-se em conta todas as normas de Segurança e Higiene no trabalho, assim como as normas de boa prática da construção.
    • No caso de sedimentar o material, deverá remover-se até que se encontre no estado inicial.
    • Danosa recomenda a consulta da ficha de segurança deste produto, que está permanentemente disponivel em www.danosa.com, ou poderá solicitá-la por escrito ao nosso Departamento Técnico.
    • Expira após seis meses

     

    DOCUMENTOS PARA DESCARGA:

    Especificações do produto
    Embalagem Baldes de 25Kg
    Tempo de secagem Secagem em 24 a 48 horas
    Categorias Impermeabilizantes
    Suportes e Superfícies Betão
    Zona de aplicação Zona exterior
    Cores
     
    Modo de aplicação A trincha
    Modo de aplicação A rolo
    Modo de aplicação A pulverização manual
    Classe dos produtos Líquidos Inflamáveis
    Certificados & Ensaios Resistência UV e chuva
    Certificados & Ensaios Conservação de materiais de pedra
    Hidrofugantes/Hidrorepelentes Produto de alto rendimento por m2
    Hidrofugantes/Hidrorepelentes Re-aplicável (sem ter que eliminar tratamentos anteriores)
    Hidrofugantes/Hidrorepelentes Proteção contra o intemperismo
    Plano / Superfícies Vertical
    Plano / Superfícies Inclinado
    TAG de Produtos